Carta à comunidade da UFBA

Prezad@s professores, técnico-administrativos e estudantes,

Após longo processo de diálogo e consulta a colegas, professores, técnico-administrativos, estudantes e representantes de diversos movimentos sociais, aceitei a convocação para participar do pleito eleitoral, como candidato a Reitor para o próximo quadriênio (2014-2018).

É minha trajetória acadêmica, administrativa, política e militante, na UFBA e fora dela, que me impulsionou, com alegria, a assumir essa candidatura. Trago comigo uma imensa disposição para debater ideias, trocar experiências e edificar propostas de gestão capazes de reencantar a comunidade universitária, fazendo da nossa UFBA um lugar bom de estudar, pesquisar e trabalhar. Ou seja, um espaço público da cultura, com desenvolvimento científico, formação profissional e elaboração política.

Desde o momento em que apresentamos a candidatura, temos trabalhado de forma aberta e coletiva nos pontos centrais do programa de gestão, tendo como princípios a defesa intransigente da autonomia universitária, democracia, transparência, controle social e participação coletiva. Mas temos que ir muito além. Não podemos abrir mão da centralidade da cultura na sociedade contemporânea, da história como matriz da produção do conhecimento e de uma UFBA altiva.

Iniciei a minha vida universitária como professor da UFBA em 1978 e, desde então, atuei de forma intensa e socialmente implicada, tendo clareza de que a indissociabilidade entre pesquisa, ensino e extensão está para além do quanto prescreve a Constituição (Magna e do ethos universitário). Trata-se de um fazer cotidiano, o que, a um só tempo, busquei realizar com qualidade acadêmica e compromisso social.

A pesquisa e a inovação precisam estar fortemente articuladas a uma produção de conhecimento que considere os múltiplos saberes, em uma UFBA que compreenda a importância de vivenciar sua dinâmica consoante a diversidade cultural da sociedade. Nosso propósito é fortalecer uma articulação de campos e sujeitos, para que as diferenças, além de aceitas e respeitadas, sejam também enaltecidas.

Trabalharemos sempre na perspectiva da valorização do trabalho docente e dos servidores técnico-administrativos, bem como para que a formação dos nossos estudantes não se limite às salas de aulas, mas compreenda todos os espaços universitários. Sigo confiante que é a força jovem que impulsiona todos os processos.

Conto com a sua disposição para discutir a nossa Universidade. Vamos escrever mais esse capítulo e assumir o destino da UFBA.

Saudações Universitárias,

Nelson De Luca Pretto

#toComPretto – em todas as redes sociais

Visite nossa página http://tocom.pretto.info

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s