Todos os posts de kamenezes

Ka | Quem? Mulher, mãe. Trabalhadora e estudante. Acredita mesmo que computadores podem fazer a vida muito melhor!

Carta aos Médicos e Médicas residentes da UFBA

Aos médicos(as) residentes da UFBA

         

Dirigimo-nos a vocês para externar a nossa mais profunda discordância da decisão da comissão eleitoral e da própria administração central da nossa Universidade em não reconhecer a importância deste segmento que sustenta a nossa área de saúde, não possibilitando que vocês participem do histórico e fundamental momento eleitoral que decidirá o futuro da nossa instituição.

Somos conhecedores do trabalho que realizam no HUPES, no Magalhães Neto e na Climério de Oliveira, num rico processo formativo e que, ao mesmo tempo, corresponde ao atendimento cotidiano de uma enorme quantidade de pacientes, particularmente em algumas áreas de especialidade únicas para atenção ao SUS.

Temos muitos desafios a enfrentar na administração da nossa UFBA.

Mas tenham certeza de que, se a comunidade universitária assim desejar nos escolhendo reitor e vice reitor para o período 2014-2018, emprestaremos toda nossa capacidade acadêmica e política, toda a nossa energia e alegria, para não deixar a educação e a saúde públicas serem atacadas como vêm sendo.

Recebam o nosso forte abraço e, se concordarem com nossas propostas (http://tocom.pretto.info), saiam a campo em defesa da Chapa 2.

Nelson Pretto e Angelo Serpa

Anúncios

POR UMA RADICALIZAÇÃO DA CIDADANIA UNIVERSITÁRIA, por Juan Brizuela

Após escutar com atenção e participar dos debates dos candidatos à reitoria da UFBA, sinto-me identificado com a chapa 2, dos professores Nelson Pretto e Ângelo Serpa. Gosto da militância acadêmica dos dois, o foco no debate público e político na universidade, e suas propostas fundamentadas na práxis e na busca de uma necessária radicalização da cidadania universitária.

A chapa dos prof. Nelson e Ângelo, “autonomia e diferença”, busca construir uma alternativa concreta para fazer frente à mediocridade, à naturalização das desigualdades e à falta de compromisso promovidos pelo capitalismo e pelo produtivismo acadêmico, aos quais alunos, professores e jovens pesquisadores estamos permanentemente submetidos.

Após cinco anos de estudo e vivencias no IHAC-UFBA, assumo um posicionamento crítico-construtivo tão necessário após duas gestões na reitoria que tiveram, no discurso, um aparente compromisso com o IHAC, mas terminaram desgastando até os próprios professores que trabalharam honestamente nas campanhas dos reitores anteriores e que hoje apoiam a chapa 1, dos prof. João Salles e Paulo Miguez.

Pessoalmente, poderia resumir em três pontos fundamentais as diferenças entre as propostas:

1)      Diálogos comuniversitários: Retomando a feliz experiência do ex-reitor Felippe Serpa (1993-1998), de quem pouco ou nada temos ouvido no IHAC, injustamente. Projetos como UFBA em campo e a radicalização das Atividades Curriculares em Campo (ACC) não fazem parte, de forma explícita e prioritária, no meu entendimento, da campanha do prof. João Salles.

2)      Orçamento participativo: Ponto fundamental na busca de transparência, acesso à informação e participação efetiva na tomada de decisões. Esta proposta já é realidade no site da chapa 2, com ativos canais de interação e onde podem ser acessados, com total transparência, os gastos de campanha.

3)      Perspectiva latino-americana: Bahia faz fronteira com África e também com o resto da América Latina. Mesmo formando parte de um país com longas fronteiras e espaços de interação com vizinhos sul-americanos, a UFBA não tem privilegiado, institucionalmente, uma estreita relação que permita diálogos entre diferentes saberes interculturais com equidade.

A chapa 2 “autonomia e diferença”, dos prof. Nelson Pretto e Ângelo Serpa, sem dúvidas, tem melhores propostas, maior engajamento e experiência comuniversitária e uma inquestionável ética e trajetória acadêmica.

Abraço democrático, autônomo e diferente,

Juan Brizuela

Aluno de pós-graduação do IHAC-UFBA

Integrante do projeto de extensão latitudeslatinas.com

Jam D’Pretto: com música e sabores regionais, um encontro por uma outra reitoria

Mais uma oportunidade para fortalecermos os laços que nos unem nessa caminhada por uma UFBA altiva e cada vez mais promissora.

O encontro agendado para dia 10 de maio de 2014, no Espaço Cultural D’Venetta tem como objetivo angariar fundos para a campanha da Chapa 2 – Autonomia e Diferença, continuar com todo gás, além de se configurar como mais um espaço de troca de ideias e entre os pares, sobre a universidade que desejamos construir.

Vem compartilhar dessa energia boa!

O D’Venetta fica na Rua dos Adobes, 12, no Santo Antônio Além do Carmo.

A contribuição mínima é de:

R$ 25,00 estudantes | R$ 30,00 Técnicos administrativos | R$ 40,00 Professores.

Reservas podem ser feitas por email ou telefone mirabeau.souza@gmail.com | 71 8883-2232

Os voucher também podem ser adquirido no dia e local do evento.

DVenetta_SUPERFINAL_OK

Quer contribuir financeiramente com a Campanha, mas não pode ir ao almoço? Clique aqui e saiba como fazer sua doação.